Conceito de plano de contingência




Dez 16, 11 Conceito de plano de contingência

Um plano de contingência é um tipo de plano preventivo, preditivo e reactivo. Apresenta uma estrutura estratégica e operativa que ajudará a controlar uma situação de emergência e a minimizar as suas consequências negativas.

O plano de contingência propõe uma série de procedimentos alternativos ao funcionamento normal de uma organização, sempre que alguma das suas funções usuais se vê prejudicada por uma contingência interna ou externa.

Esta classe de plano procura portanto garantir a continuidade do funcionamento da organização face a quaisquer eventualidades, sejam estas materiais ou pessoais. Um plano de contingência inclui quatro etapas básicas: a avaliação, a planificação, as provas de viabilidade e a execução.

Os especialistas recomendam planificar antes que seja necessário; isto, antes que sucedam os acidentes. Por outro lado, um plano de contingência deve ser dinâmico e deve permitir a inclusão de alternativas perante novas incidências que possam ter lugar com o tempo. Por isso, deve ser actualizado e revisto de forma periódica.

Um plano de contingência também deve estabelecer certos objectivos estratégicos e um plano de acção para cumprir com essas metas.

Na informática, um plano de contingência é um programa alternativo para que uma empresa possa recuperar-se de um desastre informático e reestabelecer as suas operações com rapidez. Estes planos também são conhecidos pela sigla DRP, do inglês Disaster Recovery Plan (plano de recuperação de desastres).

Um programa DRP inclui um plano de apoio (que se realiza antes da ameaça), um plano de emergência (que se aplica durante a ameaça) e um plano de recuperação (com as medidas devendo ser aplicadas assim que a ameaça já tenha sido controlada).