Conceito de plantação


Jul 07, 14

Plantação, do latim plantatĭo, é a acção e o efeito de plantar (meter uma planta, uma estaca, um tubérculo ou um bolbo/cebolo na terra com o objectivo de que pegue, isto é, crie raízes, e cresça). O conjunto daquilo que é plantado e o terreno no qual se cultivam plantas, por conseguinte, recebem o nome de plantação.

Exemplos: “O meu irmão tem uma plantação de framboesas na sua casa da Patagónia”, “Ao percorrer a rota, surpreendi-me com a quantidade de plantações que há nos campos do país”, “A Polícia descobriu uma imensa plantação de marijuana no monte”.

Enquanto recurso económico, o algodão, a cana-de-açúcar, o café, o chá e o cacau constam entre as plantações mais frequentes em diversos países do mundo. O desenvolvimento destas plantações implica toda uma série de práticas sociais, como o latifúndio ou a contratação de mão-de-obra sob condições precárias. Em grande escala, é habitual que o dono das terras contrate por pouco dinheiro pessoas para cuidarem das plantações e apanharem/colherem os frutos.

As características das plantações dependem do solo e das condições ambientais. Não se pode cultivar café em zonas frias, já que este cultivo requer elevadas temperaturas, só para citar um caso.

A gestão da plantação é vital para que o meio ambiente não seja prejudicado pela acção do homem. É importante prestar atenção aos ciclos da natureza e às espécies nativas para evitar a degradação dos cultivos e do solo.