Conceito de pontualidade


Mar 15, 12

A pontualidade relaciona-se com o facto de tomar diligências no sentido de fazer as coisas atempadamente ou ainda de chegar a (ou partir de) um determinado lugar à hora combinada. Por exemplo: “Preciso que você me entregue o trabalho com pontualidade. Caso contrário, vamos ter problemas com o cliente”, “Chegaste uma hora mais tarde, a tua pontualidade deixa muito a desejar…”, “O avião partiu com pontualidade. Por isso, deveremos estar no Brasil antes do meio-dia”.

O valor da pontualidade varia consoante a cultura e o contexto. No mundo ocidental, um atraso de cerca de quinze ou vinte minutos costuma ser mais ou menos bem tolerado em circunstâncias normais (para encontrar-se com alguém num bar, chegar a casa de alguém na qualidade de convidado, etc.). No entanto, as culturas orientais consideram a impontualidade uma falta de respeito, independentemente da razão.

A pontualidade, na hora de chegar ao local de trabalho ou às aulas, também é bastante importante. Se a pessoa não cumprir o horário previsto, sujeita-se a ser sancionada, a menos que consiga justificar o motivo dessa impontualidade. O funcionamento dos meios de transporte deve ser sempre pontual pois, falhando, os respectivos utentes, por sua vez, também não conseguem cumprir os seus próprios compromissos em termos de tempo: “Eu bem queria respeitar a questão da pontualidade, mas o comboio acaba sempre por ter algum atraso”.

Noutro contexto, porém, a pontualidade até é pouco habitual. Quando se marca uma festa de aniversário com início previsto para as 22 horas, na prática, já se conta que os convidados só comecem a chegar por volta das 23 ou mais tarde.