Conceito de praia


Abr 06, 13

Praia é um conceito que provém do latim tardio plagĭa e que faz referência à beira-mar, à margem de um rio, de um lago ou de outro curso de água de grandes dimensões. O termo é usado, por extensão, para fazer referência às cidades balneárias ou às férias que se planeiam para desfrutar do mar e do sol.

Exemplos: “As praias do México fazem parte das mais bonitas do mundo”, “A Rússia tem praias bastante extensas, mas as baixas temperaturas fazem que seja praticamente impossível tomar banho nas mesmas”, “Este ano, vou passar as férias na praia, e, para o ano que vem, tenciono ir até ao campo”, “O meu sonho é conhecer as praias das Caraíbas”.

Do ponto de vista geográfico, a praia é um acidente que se forma a partir da acumulação de sedimentos não consolidados pela acção do fluxo das ondas. Os sedimentos costumam ser faixas arenosas (banhadas pelo mar), mas também existem praias rochosas e de outros tipos.

Esta característica faz da praia um acidente geográfico dinâmico que se encontra em mudança permanente. As marés, os temporais e os ciclos de erosão podem modificar a fisionomia da praia podendo, inclusivamente, fazê-la desaparecer: “Nota-se que há maré alta: quase que não há praias nesta zona da cidade”, “O aquecimento global e o aumento do nível do mar ameaçam apagar do mapa várias praias asiáticas”.