Conceito de pronomes




Jan 20, 14 Conceito de pronomes

Do latim pronōmen, pronome é uma classe de palavras sem referente fixo, já que se determina de acordo com a relação que tem com outras que se tenham mencionado. Os pronomes tomam o lugar dos substantivos, referindo-se a pessoas ou coisas extralinguísticas.

Pode-se dizer que os substantivos têm um referente fixo: a palavra “livro”, por exemplo, referir-se-á sempre a um livro (o objecto). Em contrapartida, os pronomes como “mim”, “contigo” ou “eu” dependem de diversas variáveis.

“A bola de futebol é minha” é uma expressão que termina pelo pronome “minha”, o qual determina o sentido da oração. A frase poderia ser pronunciada pelo Cristiano Ronaldo, uma vez que é futebolista, mas não por Barack Obama, uma vez que a sua área não é o desporto.

Uma expressão como “Sinto-me à vontade contigo” também adquire o seu significado em função do pronome (“contigo”), uma vez que tem um referente fixo. “Contigo” pode fazer referência a Jorge, Manuel, Carla, Michael, Sharon, Sílvia ou qualquer outra pessoa.

Existem diversas classes de pronomes. Os pronomes pessoais são morfemas sem conteúdo lexical que fazem referência a um antecedente: “Eu sou o responsável desta empresa”, “Tu não és bem-vindo nesta casa”, “Ele faz sempre aquilo quer”, “Podes contar comigo para aquilo que precisares”.

Outros tipos de pronomes são os pronomes possessivos (“Esta lancheira é tua?”, “Filho, devolve imediatamente aquilo que não é teu!”), os pronomes demonstrativos (“Aquele carro tem dois motores”, “A loja de que me falaste não é aquela?”) e os pronomes indefinidos (“Está alguém a gritar há horas”), entre outros.