Conceito de raiva


Ago 10, 15

Raiva é um termo que tem a sua origem etimológica no vocábulo latino rabĭes. Trata-se de uma doença de tipo viral que sofrem certos animais e que pode contagiar o ser humano ou outras espécies através de uma mordidela, já que o vírus se inocula através da saliva.

A infecção da raiva é provocada por uma família virótica conhecida como Rhabdoviridae. Uma vez que o organismo é infectado, o animal começa a desenvolver uma inflamação do encéfalo que leva à morte na grande maioria dos casos .

Expandida em todo o mundo, a raiva pode apresentar-se em animais domésticos como os cães. Se um canino raivoso (com raiva) morder um homem, o contacto entre a saliva do animal e a ferida aberta do ser humano faz com que o vírus entre para o organismo humano.

Para além dos cães, outros vectores da raiva são os morcegos, os gatos, os lobos, os furões. O sintoma mais habitual da raiva é a secreção contínua e copiosa de saliva.

O afectado pela raiva pode sofrer para além de febre, fadiga, dor de cabeça, náuseas, problemas para deglutir, agressividade, convulsões e alucinações. Uma vez produzido o contágio, os sintomas podem demorar até trezentos dias em aparecer.

Para evitar a propagação da raiva, o habitual é que as autoridades façam campanhas de vacinação para cães e gatos, que são os animais domésticos mais populares. Esta vacina protege o animal do vírus e, por conseguinte, também os seres humanos.

Raiva também é um termo que se utiliza em referência ao nojo ou à fúria. Exemplo: “Espancou-o com raiva, até deixá-lo desmaiado”.