Conceito de reclusão


Nov 17, 15

Reclusão é um conceito cuja origem etimológica se encontra no vocábulo latino reclusĭo. O termo faz referência ao isolamento, seja forçado ou voluntário, que experimenta uma pessoa.

A reclusão não só é este encerro, como também se pode referir ao espaço físico onde o sujeito se encontra fechado/preso. Exemplos: “O escritor sofreu uma reclusão de sete anos pelas suas ideias políticas”, “Um incêndio na reclusão de São Marcos causou duas vítimas fatais”, “O juiz ordenou a reclusão imediata do ex-funcionário”.

O habitual é que a reclusão se associe ao encarceramento de alguém. Diz-se que alguém está recluso quando se encontra na prisão. Num sistema democrático, recolhido por uma Constituição, as prisões são estabelecimentos controlados pelo Estado. Nestes lugares ficam alojados os cidadãos que, por ter cometido um determinado delito, são condenados depois de um julgamento e privados da sua liberdade.

Os encarcerados/prisioneiros, por conseguinte, sofrem uma reclusão. Isto significa que não podem sair da prisão durante o período estipulado pela sua condenação. Em certos contextos e mediante determinadas condições, os presos/reclusos podem abandonar temporariamente a cadeia para sair trabalhar e logo devem retornar à sua reclusão.

Para além das prisioneiras, a ideia de reclusão também pode estar relacionada com um encerramento voluntário: “Ao ficar viúvo, o Roberto optou pela reclusão e não saiu de casa durante vários meses”, “Deixa de lado a depressão! Sai da tua reclusão e reúne-te com os teus amigos ou vai visitar os teus familiares”.