Conceito de refinaria


Nov 30, 15

Dá-se o nome de refinaria à fábrica industrial dedicada à refinação de alguma substância. Refinar, por sua vez, é a acção que é levada a cabo para conseguir com que algo se purifique ou se torne mais fino, deixando resíduos e separando certas partículas.

O habitual é que o conceito faça menção a uma refinaria de petróleo. O processo de refinamento desta substância contempla diversos tratamentos para converter o petróleo cru em diferentes produtos que se possam comercializar, como é o caso dos combustíveis e dos óleos.

Estas refinarias têm diferentes características conforme os processos que se realizam e os produtos que se obtêm. O petróleo cru, por exemplo, pode ter diferentes níveis de enxofre, algo que exige tratamentos variados dependendo de cada caso.

Numa refinaria pode-se realizar a destilação atmosférica, a reformação catalítica, a hidrodesulfuração e o cracking catalítico do petróleo cru, entre muitos outros processos. Isto leva a que as instalações das várias refinarias sejam bastante diferentes entre si.

Apesar da importância económica das refinarias, a sua instalação e o seu funcionamento costumam ser postos em causa por grupos ecologistas. Estas fábricas industriais, em maior ou menor medida, geram emissões contaminantes, são ruidosas, emanam odores desagradáveis e obrigam à descarga de efluentes.

Por tudo isto, as refinarias devem ser controladas estritamente pelo Estado para evitar que a sua actividade cause danos irreparáveis ao planeta e, por extensão, afecte a qualidade de vida de milhões de pessoas. Estima-se que existem cerca de 600 refinarias de petróleo em todo o mundo.