Conceito de reino fungi


Jan 05, 16

Fungi é um termo latino que se pode traduzir por fungo. O reino fungi, por conseguinte, é o reino dos fungos: aqueles seres vivos de tipo eucariota, como os cogumelos, as leveduras e os bolores.

Os integrantes do reino fungi não são animais, plantas nem protistas. Existem, no entanto, confusões relativamente a certos organismos, chegando inclusive a haver organismos cuja classificação num ou noutro reino mudou com o correr dos anos.
Hoje entende-se que os membros do reino fungi são organismos eucariontas cujas paredes celulares são formadas por quitina. Os fungos são osmótrofos (desenvolvem uma digestão externa que implica a secreção de enzimas, logo reabsorvidas).
Outras características dos fungos são a presença de organelos celulares e vacúolos, a falta de cloroplastos e a produção de esporas. Há fungos que são parecidos com as bactérias, ao passo que outros se assemelham às plantas.

Os membros do reino fungi têm a capacidade de descompor a matéria morta. Isto significa que, quando um animal ou uma planta morre, os fungos encarregam-se da sua decomposição.

Determinados organismos do reino fungi têm uma grande importância na economia. Alguns cogumelos, por exemplo, são bastante populares na gastronomia. As leveduras, por sua vez, são indispensáveis para confeccionar pão e cerveja. Também há fungos que se processam para a produção de antibióticos.

Um dos fungos comestíveis mais famosos é o Agaricus bisporus, conhecido popularmente como cogumelo. Este integrante do reino fungi é utilizado em peças, saladas e molhos, entre outras preparações.