Conceito de risco financeiro


Mar 20, 16

Um risco faz referência à iminência ou à proximidade de um eventual dano. O conceito está associado à possibilidade, por conseguinte, de um dano se vir a concretizar. Financeiro, no que lhe diz respeito, diz-se daquilo que está relacionado com as finanças (a fazenda pública, os bens).

A noção de risco financeiro refere-se às hipóteses de o resultado de uma operação vinculada às finanças não seja o previsto. Quanto maior o risco financeiro, maiores as possibilidades de o resultado ser diferente do esperado.

Suponhamos que um homem deseja investir 100.000 dólares em bónus. Antes de tomar a decisão, analisa a situação de diferentes países para determinar qual é aquele que oferece um bónus com maior rentabilidade e menor risco financeiro.

Depois de estudar o risco país e outros indicadores, o investidor decide comprar os bónus de um país X uma vez que considera que é a nação que lhe proporciona maior segurança relativamente aos resultados que espera obter.

O risco financeiro aparece em diferentes tipos de operações. Fala-se de risco de crédito relativamente à possibilidade de que uma das partes de um contrato relacionado com uma operação de empréstimo não cumpra com as suas obrigações. Uma pessoa, ao depositar dinheiro numa instituição bancária, assume um certo risco de crédito, tendo em conta que o banco em questão pode quebrar e não lhe devolver o dinheiro.

O risco de liquidez é outro risco financeiro. Este tipo de risco é assumido pelas empresas financeiras que outorgam créditos e que precisam de dispor de dinheiro em efectivo (líquido) de maneira permanente para poder operar.