Conceito de sangria


Jun 08, 16

Sangria é um conceito que admite diferentes acepções. O primeiro significado mencionado nos dicionários remete para o processo e a consequência de sangrar (isto é, provocar que o sangue saia dos condutos que a contêm).

A sangria, neste sentido, era um procedimento médico que era realizado na antiguidade e que implicava extrair sangue de uma pessoa como parte de um certo tratamento. Devido à sua falta de resultados na cura e tendo em conta os riscos que implicava a prática, a sangria foi perdendo popularidade ao longo do século XIX.

Como parte das sangrias, inclusive eram usadas sanguessugas para absorver o sangue, uma vez que certas espécies destes ectoparasitas se alimentam com sangue.

Actualmente, ainda se realizam diversos procedimentos relacionados com o sangue, como as extracções e as transfusões, ainda que já não recebam o nome de sangrias.

Por outro lado, também é conhecido pelo nome de sangria uma bebida que se prepara com vinho, água, frutas e açúcar, entre outros ingredientes. Uma das receitas mais populares é elaborada com vinho tinto, sumo de limão, sumo de laranja, água, açúcar e pedaços de frutas da época.

No contexto da tipografia, a sangria consiste em introduzir espaços em branco no começo de uma linha. Existem diferentes tipos de sangria: a mais comum requer deixar um espaço no início da primeira linha e depois continuar a escrever normalmente.

A sangria francesa, em contrapartida, é feita de forma inversa. A primeira linha começa sem espaços em branco e as seguintes têm caracteres em branco no início.