Conceito de simetria




Jan 26, 13 Conceito de simetria

Simetria, do latim symmetrĭa, é a correspondência exacta em termos de tamanho, forma e posição das partes de um todo. Um exemplo de simetria é o Homem de Vitrúvio de Leonardo da Vinci, uma obra que representa um corpo humano perfeitamente simétrico.

Para a biologia, a simetria é a correspondência ideal no corpo de um animal ou uma planta relativamente a um centro, um plano ou um eixo. De acordo com esta correspondência, distribuem-se os órgãos ou as partes equivalentes numa determinada ordem.

A maioria dos organismos pluricelulares apresenta algum tipo de simetria. A simetria radial é definida por um eixo heteropolar (que apresenta diferenças nas suas duas extremidades) a partir do qual se estabelecem os planos principais de simetria. A simetria bilateral é mais frequente, já que define um eixo corporal consoante a direcção do movimento. Isto permite o estabelecimento de um sistema nervoso centralizado e da cefalização.

A geometria assinala que a simetria é a correspondência exacta na disposição dos pontos ou das partes de um corpo ou de uma figura relativamente a um centro, eixo ou plano. Esta simetria pode ser esférica (existe sob qualquer rotação possível), axial (quando há um eixo que não conduz a nenhuma mudança de posição no espaço com as voltas em seu redor) ou reflexiva (definida pela existência de um único plano)

A simetria molecular, por fim, é um conceito da química que permite prever ou explicar certas propriedades de uma molécula a partir da sua simetria.