Conceito de solo




Abr 17, 13 Conceito de solo

Solo, do latim solum, é um termo que se refere à superfície inferior de certas coisas. Pode-se dizer que o solo é a superfície da Terra (a parte mais superficial da crosta terrestre) bem como o local onde se plantam as sementes para as actividades agrícolas. Exemplos: “A seca afectou o solo, que deixou de ser fértil”, “Preciso de alguns produtos químicos para o solo, pois pretendo cultivar tomates e não quero que fiquem infestados com as pragas”, “Vou cobrir o solo com una lona para o proteger do granizo”.

O solo também pode ser o piso (chão) de uma casa ou a superfície artificial que se fabrica para o piso ser sólido: “A avó entrou na cozinha e escorregou porque o solo estava molhado”, “Vou embelezar o solo do salão com um novo piso de cerâmica”, “O pequeno Alexandre caiu e bateu com a cabeça contra o solo”.

Para a engenharia e a construção civil, o solo é o substrato físico sobre o qual se fazem obras. No âmbito do urbanismo (planeamento urbanístico), por outro lado, o solo é o espaço físico sobre o qual se constrói qualquer infra-estrutura

Outro uso do conceito está associado a um determinado território. A noção é usada de maneira simbólica (em sentido figurado) para fazer referência a qualquer país, nação ou região: “O escritor, durante o exílio, sonhava voltar a pisar o solo argentino”, “Não existe político mais hábil do que este em solo lusitano”, “A sociedade internacional não tolerará mais novos abusos em solo iraquiano”, “A desforra será disputada em solo neutro”.