Conceito de taoísmo


Ago 31, 16

O Taoísmo é uma filosofia surgida a partir do Tao Te Ching (igualmente conhecido como Tao Te King ou Dào Dé Jīng), uma obra que havia sido escrita por Lao Tse no século VI a. C.. O seu pilar é o Tao, que é um conceito que enxergada como sendo o caminho ou o método e que se refere à essência do universo.

Para os taoístas, o Tao é a ordem da natureza que rege a existência. A esta ordem não se lhe consegue dar uma designação embora seja evidente através de diversas questões, as quais têm nome.

O Taoísmo nasceu como doutrina filosófica embora tenham sido, logo a seguir, desenvolvidas algumas correntes que o converteram em religião. Aliás, com o passar dos anos, conjugou-se com o budismo e com o confucionismo.

Os taoístas aspiram à imortalidade, entendendo este conceito como sendo a possibilidade de se alcançar a harmonia com os elementos da natureza e de transcender o próprio ser. Por isso, Lao Tse bem como outras grandes personalidades são consideradas imortais.
Da mesma forma, o conceito de yin-yang é bastante importante para o Taoísmo, pois evidencia a dualidade do universo. A ideia baseia-se no facto de existirem forças que interagem na realidade: o yin, o yang e o Tao. As duas primeiras são forças contrapostas que se complementam e agem como uma: uma força activa e outra passiva. O Tao, por sua vez, é a força superior que contém ambas.

O Taoísmo, resumidamente, aspira à harmonia do ser humano e ao Tao através do sacrifício, da meditação, da honestidade, da bondade e da piedade, entre outras virtudes. É importante destacar, em todo o caso, que carece de dogma.