Conceito de teocentrismo


Ago 31, 16

Dá-se o nome de teocentrismo à doutrina que coloca Deus como director absoluto de todos os acontecimentos do universo. Segundo o teocentrismo, aquilo que acontece no mundo, incluindo as acções dos seres humanos, depende de Deus.

Os teocentristas explicam a realidade a partir da vontade divina: tudo se deve a Deus. A ciência, neste âmbito, fica em segundo plano tendo em conta que qualquer fenómeno, por menor ou insignifiquante que seja, é regido em última instância pela divindade.

Durante muitos séculos, o teocentrismo foi a doutrina predominante. Desde o começo da era cristã até ao início do Renascimento, as diversas correntes filosóficas tinham tendência a situar Deus no centro da cena. O panorama passou a mudar a partir do Renascimento, quando se colocou o ser humano como protagonista central do universo.

A partir do século XV, a maior parte das correntes do pensamento deixaram de reconhecer Deus como a única causa de tudo aquilo que acontece no universo, passando a ser considerado, só em alguns casos, como sendo mais um de vários factores.
Posto isto, passou-se do teocentrismo para o antropocentrismo, que considera as pessoas como centro dos acontecimentos.

O antropocentrismo pensa a realidade a partir dos interesses e das condições dos seres humanos, ao contrário do teocentrismo, que o faz a partir da presença de Deus.

Entre o teocentrismo e o antropocentrismo encontra-se o biocentrismo, que tem todos os seres vivos como eixo para além do ser humano.