Conceito de teorema


Ago 15, 12

Derivada do latim theorēma, a palavra teorema consiste numa proposição que pode ser demonstrada de maneira lógica a partir de um axioma ou de outros teoremas que tenham sido previamente demonstrados. Este processo de demonstração é levado a cabo através de determinadas regras de inferência.

O teorema, por conseguinte, pode ser descrito como uma afirmação de importância. Existem afirmações de menor ordem, como ocorre com o lema (uma afirmação que pertence a um teorema maior), o corolário (a afirmação que segue de forma imediata ao teorema) ou a proposição (um resultado que não se encontra associado a nenhum teorema em específico).

Convém destacar que, enquanto a afirmação não for demostrada, não passa então de uma hipótese ou de uma conjectura.

Um dos teoremas mais populares é aquele que conhecemos pelo nome de Teorema de Tales, segundo o qual, se traçarmos num triângulo uma linha que seja paralela a algum dos seus lados, obtemos dois triângulos semelhantes (isto é, duas figuras com ângulos idênticos e lados proporcionais).

Outro teorema igualmente popular é o Teorema de Pitágoras, o qual defende que o quadrado da hipotenusa (ou seja, o lado de maior comprimento e que se opõe ao ângulo recto), num triângulo rectângulo, é igual à soma dos quadrados dos catetos (isto é, os dois lados menores do triângulo rectângulo).

Por outro lado, a título de curiosidade, “Teorema” é o nome de uma revista espanhola especializada em filosofia que foi fundada pelo professor Manuel Garrido em 1971. A publicação foi editada sem interrupções até 1986, tendo mais tarde voltado a ser editada a partir de 1996. Actualmente, a revista é editada de forma quadrimestral e, uma vez por ano, apresenta um suplemento intitulado “Limbo”.