Conceito de terra




Mar 17, 12 Conceito de terra

O termo terra, com origem no latim terra, abrange diferentes acepções e significados. Faz referência, por exemplo, ao material quebradiço de que é composto o solo natural; ao terreno destinado ao cultivo; e ao piso/chão que pisamos (o solo).

O substantivo terra também é usado como sinónimo de nação, país, região ou território: “Festejámos o Natal na terra do meu marido”, “As pessoas daquela terra são muito acolhedoras e solidárias”.

Quando se escreve com maiúscula inicial, a noção de Terra permite fazer alusão ao planeta onde vivemos. Trata-se do único planeta em que, até à data, se tenha comprovado a existência de vida.

A Terra encontra-se a 150 milhões de quilómetros do Sol e é o quinto maior planeta do Sistema Solar. Formou-se até uns 4.570 milhões de anos e tem um único satélite natural: a Lua.

De forma geóide (esfera achatada pelos polos), a Terra tem um diâmetro de 12.700 quilómetros, sendo que 71% da sua superfície está coberta de água. Os especialistas conceberam dois modelos para se referirem à estrutura interna do planeta: o modelo geostático e o modelo geodinâmico.

O modelo geostático compreende três camadas: a crosta (a camada mais superficial, composta pelo granito dos continentes e pelo basalto das bacias oceânicas), o manto (a camada intermédia, cuja profundidade chega aos 2.900 quilómetros) e o núcleo (a camada mais profunda, com uma espessura de 3.475 quilómetros).

O modelo geodinâmico, por sua vez, prevê a litosfera (a parte mais superficial), a astenosfera (que se comporta de maneira fluida), a mesosfera (igualmente conhecida como manto inferior), a camada D (uma zona de transição) e a endosfera (a qual corresponde ao núcleo do modelo geostático).