Conceito de tolerância




Dez 31, 10 Conceito de tolerância

O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora define a palavra tolerância como sendo o respeito pelas ideias, crenças ou práticas dos demais sempre que estas sejam diferentes ou contrárias às nossas.

O conceito tem origem no termo latim tolerare (“suportar”, “sustentar”) e faz referência ao grau de aceitação relativamente a um elemento contrário a uma regra moral, civil ou física. Por outras palavras, a tolerância é a atitude que uma pessoa tem para com aquilo que é diferente dos seus valores.

É importante ter em conta que a tolerância não é o mesmo que a indiferença. Isto é, não prestar atenção ou refutar os valores do próximo não é uma atitude tolerante. A tolerância pressupõe o respeito mútuo e, acima de tudo, o entendimento mútuo, inclusive quando não se partilha dos mesmos valores.

A tolerância é a capacidade de ouvir e aceitar os outros, compreendendo o valor das diversas formas de entender a vida. De qualquer maneira, estas formas de entender o mundo não podem, de modo algum, atentar contra os direitos dos outros. Se uma pessoa tiver valores que implicam conceitos de supremacia racial e visar o extermínio do próximo, por exemplo, não significa que se tenha de tolerar tal postura.

Em 1996, a Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a data de 16 de Novembro como Dia Internacional da Tolerância, um dia que, anualmente, se dedica à organização de actividades orientadas a promover a tolerância.

Convém destacar que, na medicina, a tolerância prende-se com a sensibilidade que o paciente tem relativamente a uma substância (um medicamento).