Conceito de tornado


Abr 04, 13

Um tornado é um vento em jeito de turbilhão. O termo costuma ser usado como sinónimo de furacão embora este conceito se refira ao ciclone tropical que se caracteriza pela circulação em torno de um centro de baixa pressão com fortes ventos e chuva abundante.

O tornado é uma violenta coluna rotativa de ar em movimento. Esta formação está simultaneamente em contacto com uma nuvem e com a terra, e pode alcançar uma velocidade superior a 480 quilómetros por hora, com uma extensão de mais de 1,5 quilómetros.

Os tornados mais fracos causam danos às árvores, e pouco mais do que isto. Os tornados mais fortes, em contrapartida, são capazes de arrancar casas desde as suas fundações. Registaram-se tornados em todos os continentes, à excepção da Antárctida. A zona onde os tornados se produzem com maior frequência encontra-se nos Estados Unidos e conhece-se como Tornado Alley (entre as Montanhas Rochosas e os Montes Apalaches).

Podem distinguir-se diversas etapas na formação de um tornado. O remoinho inicial é a coluna descendente de ar frio que precede a uma nuvem e que dá origem a outro remoinho, mas de ar quente. O embudo é o cone invertido que aparece quando se condensa a humidade da coluna de ar quente.

Existe um fenómeno semelhante ao tornado, que acontece sobre a água. Trata-se da tromba de água (ou tromba marinha), que se caracteriza por uma corrente de vento que se move em espiral e que se une às nuvens.