Conceito de virtual


Mai 23, 13

Do latim virtus (“força” ou “virtude”), virtual é um adjectivo que, no seu sentido original, faz referência àquilo que tem a virtude de produzir um efeito apesar de não o produzir verdadeiramente.

No entanto, o conceito está actualmente associado àquilo que tem existência aparente e não propriamente real nem física. O termo é bastante corrente no âmbito da informática e da tecnologia para fazer referência à realidade construída através de sistemas ou formatos digitais.

Conhece-se como realidade virtual o sistema tecnológico que permite que o utilizador tenha a sensação de estar imerso num mundo diferente do real. Esta ilusão produz-se graças aos modelos criados por um computador que o utilizador contempla através de um capacete especial. Embora a realidade virtual tenha nascido para ser aplicada aos jogos de vídeo, actualmente, tem-se mostrado útil em áreas como a medicina e o transporte.

Uma mascote (animal de estimação) virtual, por outro lado, é um companheiro digital criado com o objectivo de fazer companhia e entreter as pessoas. Não tem mais forma física do que o hardware onde se executa, que consiste, geralmente, num pequeno dispositivo electrónico. O utilizador deve alimentar e cuidar da mascote virtual para evitar que este “morra”.

Uma biblioteca virtual é aquela que alberga obras digitais em diversos formatos (.doc, .pdf). Através da Internet, estas bibliotecas estão disponíveis para pessoas de todo o mundo.

O sexo virtual, por fim, é uma forma de relação erótica que implica a ausência de contacto físico e que recorre às características das tecnologias da comunicação e da informação para ser levada a cabo.