Conceito.de

Conceito de correspondência

A acção e o efeito de corresponder recebem o nome de correspondência. Corresponder, por outro lado, é pagar algo com igualdade ou pertencer.

O conceito de correspondência pode ser usado para designar aquilo que tem proporção ou relação com outra coisa. Por exemplo: “No trates de comparar dos cosas que no têm nenhuma correspondência”, “O juiz analisou as chamadas, mas não encontrou correspondência com os depoimentos do acusado”, “A correspondência entre as declarações surpreendeu a imprensa”.

Conhece-se pelo nome de correspondência, por outro lado, a comunicação por escrito entre duas ou mais pessoas. A correspondência implica a troca de cartas: a pessoa que envia a comunicação é o remetente, ao passo que quem a recebe é o destinatário.

De um modo geral, a noção de correspondência é utilizada para evocar a troca de cartas, que se enviam dentro de um envelope. O nome e a direcção do destinatário são escritos na frente do envelope, ao passo que os dados do remetente ficam registados no verso. Correspondência, no entanto, pode ser a troca de correios electrónicos (ou emails). Neste caso, a comunicação é virtual e digital.

A correspondência costuma associar-se a uma troca privada, onde uma pessoa A escreve a uma pessoa B e esta lhe responde. Em alguns casos, porém, a correspondência torna-se pública, seja por vontade dos envolvidos (com uma carta aberta) ou pela fama destes (quando se publica a troca de correspondência entre personagens célebres).

É importante estabelecer que o termo correspondência, tendo este significado, pode classificar-se em vários grupos e tomando como base distintos critérios:

• Se aquilo que se tem em conta é o seu conteúdo, podemos estabelecer que ela se pode dividir em dois conjuntos: a de primeira classe, como os postais, que são meramente de natureza informativa e pessoal; e a de segunda classe, que é aquela que tem que ver com encomendas.
• No caso de se ter em conta o destino, podemos estabelecer que há dois tipos de correspondência: a privada, que aborda aspectos de interesse particular, e a pública, que é aquela que se desenvolve através dos meios de comunicação e que tem interesse geral.
• Por outro lado, se aquilo que tivermos em consideração é a extensão da correspondência, deparamo-nos com o facto de esta poder ser comprida, ou seja, com mais de 200 palavras; mediana, que é aquela que tem até 200 palavras, ou curta, que não supera as 100 palavras.
• Uma quarta classificação da correspondência é aquela que é levada a cabo com base na sua forma de tramitação. Neste caso, determina-se que a mesma pode ser telegráfica, que é quando se tramita mediante os escritórios e serviços telegráficos; e o postal, que é o que se gera recorrendo às estações de correio. Esta última por sua vez divide-se em dois: ordinária e certificada, que tem um preço mais elevado e que requer que o destinatário tenha de assinar para a poder levantar.

No âmbito da matemática, correspondência é uma relação binária entre dois conjuntos. A correspondência é um subconjunto do produto cartesiano desses conjuntos.