Conceito.de

Conceito de desenho

As figuras, imagens, delineações ou ilustrações que se costumam fazer manualmente com a ajuda de algum instrumento (como um lápis ou um pincel) sobre distintos materiais são conhecidas por desenhos. O termo faz referência tanto à figura em si como à arte que ensina a desenhar.

Exemplos: “O meu filho fez um desenho de toda a família e ofereceu-mo no meu aniversário”, “Preciso de fazer um desenho do corpo humano para trabalhos de casa”, “O meu professor de desenho disse que eu tenho jeito para desenhar”, “A Bárbara realizou um bonito desenho do Pato Donald enquanto aguardava pela sua vez no dentista”.

O conceito de desenho também permite mencionar os bordados ou os relevos que adornam um objecto (“Gosto muito do desenho desta toalha de mesa”) e o conjunto de ranhuras que apresentam os pneus (“O piloto viu-se obrigado a trocar os pneus por outros com um desenho diferente e de maior aderência à pista”).

Os desenhos tiveram sempre um papel bastante importante na expressão humana. Na pré-história, os seres humanos desenhavam nas paredes ou nos tectos das grutas onde viviam para transmitir certos conhecimentos ou ilustrar momentos da sua vida. Os desenhos de cenas de caça eram habituais.

Durante a Idade Média, os desenhos coloridos foram bastante utilizados para explicar ou ampliar certos textos, geralmente religiosos. Tratava-se de desenhos simbólicos e não tanto realistas. Desde o Renascimento que o desenho procura parecer-se cada vez mais com a realidade.

O desenho técnico, por fim, é uma representação gráfica que fornece a informação necessária para analisar um objecto, contribuir para a sua concepção e possibilitar a sua construção.