Conceito de peixe


Abr 30, 15

Peixe é um termo que deriva de piscis, um vocábulo latino. Os peixes são animais aquáticos que, como dispõem de guelras, podem respirar debaixo de água. Em geral, trata-se de seres ovíparos (que põem ovos).

Exemplos: “Nas Caraíbas, tive a oportunidade de mergulhar entre peixes de todas as cores”, “Durante a minha infancia, tive um peixe como animal de estimação: tinha o aquário perto da minha cama”, “O Marcelo esteve toda a tarde no cais, mas não conseguiu apanhar um único peixe”.

Embora existam diversas espécies de peixes, é possível enumerar certas características que são comuns à maioria delas. Um peixe, deste modo, costuma ter aletas para se deslocar com facilidade de forma subaquática, para além de ter o corpo coberto de escamas que servem como protecção à sua pele.

É possível encontrar peixes de água doce (como em rios ou lagos) e de água salgada (os mares). Há exemplares que vivem num entorno natural, ao passo que outros são criados em aquários ou tanques com diversos fins (para exibição, comercialização, etc.).

O peixe, ao ser retirado da água e morrer, passa a servir de alimento. E muito importante para o ser humano, uma vez que aporta uma grande quantidade de nutrientes. A pesca (a actividade que consiste em tirar peixes do seu meio natural), de facto, permite o sustento de muitos povos que se desenvolvem em regiões costeiras.

Cabe destacar que existe a modalidade de pesca desportiva com devolução, que consiste em extrair peixes da água, mas só temporariamente, para depois os devolver ao seu meio.