Conceito.de

Conceito de aborto

A palavra aborto vem do latim abortus, que, por sua vez, deriva do termo aborior. Este conceito é usado para fazer referência ao oposto de orior, isto é, o contrário de nascer. Como tal, o aborto é a interrupção do desenvolvimento do feto durante a gravidez, desde que a gestação ainda não tenha chegado às vinte semanas. Ocorrendo fora desse tempo, a interrupção da gravidez antes do seu termo tem o nome de parto prematuro.

O aborto é também conhecido como interrupção da gravidez. Pelo mundo, o tema aborto envolve questões políticas, religiosas, morais e éticas. Por isso tem sido objetivo e constantes discussões ao longo dos últimos anos.

Existem dois tipos de abortos: o espontâneo ou natural, e o induzido ou artificial. O aborto espontâneo ocorre quando um feto se perde por causas naturais. De acordo com as estatísticas, entre 10% a 50% das gravidezes acabam num aborto natural, condicionado pela saúde e pela idade da mãe.

Ou seja, quando a morte do feto ou do bebê é em decorrência de alguma anomalia ou mesmo de alguma disfunção que a mão não previu e nem mesmo desejou isso trata-se de uma aborto espontâneo.

Existem certas situações onde o aborto espontânea ocorre com maior frequência, sendo que elas são considerados fatores de risco, dentre as quais podemos citar: no caso de mulheres fumantes ou que consumam bebidas alcoólicas, que façam uso de drogas, que estejam acima ou abaixo do peso, se já sofreu algum aborto antes, o uso de certos medicamentos, mulheres que estejam acima dos 45 anos, entre outros.

O aborto induzido, por sua vez, é aquele que é provocado com o objetivo de eliminar o feto, seja ou não com assistência médica. Calcula-se que, todos os anos, cerca de 46 milhões de mulheres recorrem a esta prática, em todo o mundo. Desse total, cerca de 20 milhões praticam abortos inseguros, sujeitas a pôr a sua vida em risco.

A maioria das legislações nacionais faz a distinção entre duas classes de abortos induzidos: os terapêuticos e os eletivos.

Os abortos terapêuticos são justificados pelos médicos para salvar a vida da mulher grávida (se a continuação da gravidez ou o parto representar um risco grave para a sua saúde) ou para evitar que a criança nasça com uma doença congênita ou genética grave, que a coloque em risco de morte ou a condene a malformações ou deficiências bastante severas.

Os abortos eletivos costumam ser decididos se a gravidez for fruto de algum delito sexual (uma violação) ou se a mulher não puder ou não desejar guardar a criança por razões econômicas e/ou sociais. Na maioria dos países, está prática é proibida por lei à exceção de alguns casos mais raros (por exemplo, se uma menor de idade tiver sido violada).

No caso do aborto induzido, onde se tem o objetivo de eliminar o feto, existem mulheres que optam por métodos abortivos com o uso de medicamentos, o que pode colocar em risco também a sua própria vida. A maioria das mulheres recorrem a esses métodos no caso de uma gravidez indesejada. No entanto o uso desses medicamentos para tal finalidade constitui-se em crime em alguns países.

Algumas mulheres que sofrem um aborto, espontâneo ou não, acabam por desenvolver traumas. Pois tanto num caso quanto em outro a mulher passa por um processo doloroso. Mas existem casos de aborto espontâneo onde a mulher nem mesmo sabia da existência de uma gravidez.

Existem diversas campanhas de conscientização quanto ao uso de método contraceptivos para evitar uma gravidez indesejada, bem como, há também campanhas quando ao planejamento familiar.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

deflator

No campo da economia, o termo deflator refere-se a um coeficiente que é usado para o desenvolvimento do procedimento de...

Conceito de

degeneração

Degeneração, um termo derivado do latim “degeneratiōne”, refere-se ao ato e ao resultado de degenerar. Por outro...

Conceito de

defunção

O conceito de defunção, cuja raiz etimológica se encontra no vocábulo latino “defunctiōne”, refere-se ao...

Conceito de

deflexão

A ideia de deflexão, proveniente da palavra latina “deflexiōne”, é usada no campo da física para nomear o ato de...

Conceito de

decocção

A etimologia de decocção nos leva à língua latina: “decoctiōne”. Decocção é o ato e a consequência de...

Conceito de

deflagração

A deflagração é o processo e o resultado da deflagrar. Este verbo, que deriva da palavra latina “deflagrāre”,...

Conceito de

deduzir

O verbo deduzir, que vem da palavra latina “deducĕre”, pode se referir a tirar uma conclusão a partir de...

Conceito de

descoloração

O conceito de descoloração refere-se ao ato e ao resultado de descolorar. Este verbo, por sua vez, refere-se a suavizar ou...

ARQUIVOS