Conceito.de

Conceito de asfixia

Originária da língua grega, a palavra asfixia é um conceito que se refere aos inconvenientes ou à interrupção da respiração (o processo de inalar o ar para absorver certas substâncias e depois expirá-lo).

Quando uma pessoa se asfixia, seus pulmões param de receber o oxigênio que precisam para funcionar. Isto é geralmente devido a um bloqueio na área da garganta ou traqueia que impede que o ar flua. Se a asfixia é mantida por vários minutos, a pessoa morre.

A asfixia gera vários problemas antes de levar à morte. O fenômeno pode causar danos irreparáveis ao cérebro, só para mencionar uma consequência séria. Caso se perceba que um indivíduo não consegue respirar, é possível realizar uma respiração assistida ou artificial para minimizar ou retardar o dano, até que ele consiga recuperar sua respiração natural e superar a asfixia.

Entre as causas de asfixia estão o afogamento (o ar não pode entrar no corpo, pois o sujeito está embaixo de água), o engasgamento (as vias aéreas são bloqueadas por um objeto) e o estrangulamento (alguém coloca pressão na traqueia para evitar a passagem do ar).

Deve-se notar que a asfixia também é chamada de sensação de desânimo ou peso e o obstáculo que dificulta ou impede o desenvolvimento de algo. Por exemplo: “Este escritório me asfixia: é muito pequeno e precisa de ar condicionado”, “A abertura das importações causará a asfixia de muitos produtores locais”.