Conceito de fé




Jan 15, 12 Conceito de fé

A palavra fé deriva do termo latim fides e permite referir-se ao conjunto de crenças de alguém ou de um grupo. Também diz respeito à confiança ou à boa impressão que se tem de alguém ou em relação a alguma coisa/situação (por exemplo: “Tenho fé que iremos vencer este jogo”).

Dar fé, por outro lado, é uma expressão utilizada em documentos notariais/contratuais para certificar a veracidade do conteúdo dos mesmos (“O escrivão deu fé da acta”).

Dos vários factores que intervêm na fé, destacaremos a razão, a moral e as emoções. A força racional surge quando a fé nasce de um postulado e em associação com evidências do passado. A força moral, em contrapartida, intervém naquela fé que surge por algum tipo de receio de ser castigado ou pelo desejo de obter uma recompensa prometida. Por fim, a força emocional faz referência à fé que resulta de um desejo e que alimenta a auto-estima e a dignidade de uma pessoa.

A fé costuma ser a base das religiões, já que os crentes/fiéis depositam a sua confiança numa série de postulados que lhes são dados.

O conceito de fé pode ser usado em combinações com outras palavras: a boa-fé tem que ver com a rectidão, a honradez e o comportamento honesto; a má-fé, por sua vez, engloba a malícia e a falsidade. Também se pode mencionar o auto-de-fé, que, na linguagem popular, é uma aplicação de uma pena de morte pelo fogo.