Conceito.de

Conceito de capa

Escutar o artigo

A capa é aquilo que cobre, nomeadamente na área da construção civil, e que serve de proteção (contra a humidade, o frio, a temperatura, etc.). Trata-se de aquilo que envolve ou que cobre algo, o invólucro, por assim dizer.

Capa também é a face anterior de um livro ou de uma revista. É na capa do livro onde consta o título, o nome do autor, o lugar e o ano de impressão: “O famoso autor brasileiro queixou-se da capa do seu mais recente romance, desiludido com a cor das letras escolhidas”, “O livro está praticamente novo apesar de a capa se ter manchado com café”. É a peça que forma a lombada e ambas as faces (anterior e posterior) de uma publicação. Quanto às revistas, é onde figuram as principais notícias. Inclui as notícias ou os artigos de maior relevo. Ora, chegar à capa é sinal de importância e de popularidade para qualquer figura pública: “As escandalosas fotos da cantora apareceram nas capas das principais revistas do mundo”, “A eliminação do jogador da seleção nacional encheu as capas dos jornais desportivos”,

Na área do vestuário, a capa é uma peça ampla e sem mangas, que se usa sobre o resto da roupa, geralmente para abrigar do vento e da chuva. Quanto aos adereços (acessórios), dá-se ao nome de capa ao pedaço de couro que cobre o salto de uma bota ou de um sapato: “Vou ao sapateiro para trocar as capas das minhas botas, que já estão a ficar desgastas”.

Na igreja católica os bispos e cardeais fazem o uso da capa magna que é uma vestimenta jurisdicional com uma longa cauda segurado por um acólito que é chamado de “caudatário”. Essa vestimenta tem uma cor vermelha para os cardeais e violeta para os bispos. Os cardeais e núncios papais podem usar uma capa magna que é feita de seda. A vestimenta de grande volume tem sua cauda podendo variar de tamanho de acordo com o grau hierárquico do prelado.

Mais sobre vestimenta, temos também a capa de chuva que possui a função de proteger dos respingos da chuva, essa conta com uma proteção impermeável feita de tecido, tecido esse que permite respirar para que, assim, o usuário possa deixar o suor escapar. É noticiado que o desenvolvimento dessa capa se deu em 1924 pelo químico Charles Macintosh. Temos vários estilos de capa de chuva, entre eles Anorak, Mackintosh e o Poncho.

Na culinária, capa é um tipo de corte chamado “Capa do contrafilé” que é quando se faz um corte na carne bovina na parte traseira do animal. Esse corte constitui por volta de 2,28% da carcaça traseira, possuindo muitos nervos na carne que está sobre o contrafilé, que faz sua cor ser desigual.

A história da capa de livros teve seu início no século XIX quando os livros tinham apenas uma proteção ao redor do seu conteúdo. Mas foi na década de 1820 que começaram a haver mudanças de como os livros eram cobertos, com o produzir das capas dos livros mais barata eles passaram a usar litografia colorida, logo depois houve a ilustração em processo de meio-tom. O design das capas teve início com o movimento Artes e Ofícios e o movimento Art Nouveau com o início do século XX, assim estimulando um design moderno dessas capas de livros.

Por fim, capa é o nome da 11ª letra e 8ª consoante do alfabeto português de Portugal. No alfabeto grego, é o nome da 10ª letra.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (27 de Março de 2013). Conceito de capa. Conceito.de. https://conceito.de/capa