Conceito.de

Conceito de dígito

O termo dígito deriva de “digĭtu”, uma palavra latina que pode ser traduzida como “dedo”. No campo da matemática, um dígito é o número que é expresso através de um único algarismo. Isso significa que, na numeração decimal, os números dígitos são dez: 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9.

Uma vez que este sistema de numeração tem 10 dígitos, podemos entender o motivo da raiz etimológica do termo: cada dígito pode corresponder a um dedo. Temos dez dedos em nossas mãos e há dez dígitos na numeração decimal.

Dígito, nesse contexto, é frequentemente usado como sinônimo de algarismo (o sinal que permite a representação de um número dígito). Um número dígito ou um número de um algarismo é expresso com um único sinal gráfico.

O resultado da soma 4 + 3, para citar um caso, é um número dígito: 7. Por outro lado, a soma 8 + 5 resulta em um número de dois dígitos ou algarismos (13). Como se pode ver, 13 é composto pelos dígitos 1 e 3. Como os números são infinitos, a quantidade de dígitos também é infinita. Existem números de um dígito, dois, oito, quarenta e cinco, novecentos e cinquenta e dois, etc.

É importante ter em conta que existem outros sistemas além do decimal. Um sistema de numeração binária, por exemplo, recorre a dois dígitos decimais (0 e 1). Um dígito neste sistema é conhecido como bit. Na área de computação, de fato, os dados são armazenados como bits, recorrendo a diferentes combinações de 0 e 1.