Conceito.de

Conceito de coexistência

Coexistência é a situação que ocorre quando um sujeito ou uma coisa existe ao mesmo tempo que outro ou outra. Coexistir, em outras palavras, implica uma existência simultânea. Por exemplo: “O técnico tem a obrigação de garantir que a coexistência de ambos os jogadores no time não gera problemas”, “A coexistência de pessoas de diferentes culturas no mesmo bairro é sempre um desafio”, “O governo analisará se é conveniente permitir a coexistência de ambas as tecnologias ou se uma delas deve ser eliminada”.

A ideia de coexistência pacífica é usada no campo das relações internacionais para se referir à rejeição da violência como um mecanismo para a resolução de um conflito entre dois países ou regiões. O conceito foi cunhado pelo líder comunista Nikita Khrushchov com a intenção de se referir à aceitação pelos soviéticos da existência de potências capitalistas como os Estados Unidos.

O princípio da coexistência pacífica deve ser aplicado quando dois povos com características diferentes (étnicas, religiosas, etc.) devem conviver no mesmo território. Essa posição leva a que ambos excluam o do uso de armas para se imporem: pelo contrário, eles devem coexistir em paz e resolver seus conflitos através do diálogo e consenso.

No nível social, a coexistência requer aceitar a existência do outro. Quem coexiste tem a obrigação de cumprir certas regras compartilhadas que permitem a organização da sociedade e o controle da violência. Nesse contexto, para resolver os conflitos utiliza-se uma agência mediadora cujas operações estão institucionalizadas.