Conceito.de

Conceito de pintura abstracta

A pintura é o fluído que, ao ser aplicada em camadas finas, permite recobrir uma superfície. O conceito é usado para se referir ao material, à tela em que se pinta algo ou à arte de pintar (a representação gráfica que se concretiza com pigmentos ou outras substâncias).

Do latim abstractus, abstracto é algo que não tenciona representar coisas ou seres concretos, pois só se preocupa com questões como a forma, a estrutura ou a cor.

Conhece-se como arte abstracta a manifestação que realça aspectos cromáticos, estruturais ou formais, sem prestar atenção à imitação material da realidade. A pintura abstracta, por conseguinte, é o ramo pictórico da arte abstracta.

O oposto da pintura abstracta é a pintura figurativa, que pretende representar imagens reconhecíveis. A pintura abstracta, por sua vez, ambiciona gerir sensações a partir das formas e não da imitação do real.
Kandinsky e Umberto Boccioni. Existem numerosas correntes estilísticas dentro da arte abstracta, como a abstracção lírica, a abstracção sintética e a abstracção geométrica.

A pintura abstracta expressiva é aquela que carece de estrutura e que exibe uma composição assistemática através da improvisação. A pintura abstracta geométrica, por sua vez, é composta por obras planificadas segundo critérios racionais a partir de elementos neutros, ao passo que a pintura abstracta figurativa se caracteriza por tentar representar uma realidade móvel e em constante evolução num meio que é estático e inalterável.