Conceito.de

Conceito de cortejo

A palavra italiana “corteggio” (escolta de honra) chegou ao nosso idioma como cortejo. É assim que o ato de cortejar é chamado: tentar alcançar o amor ou o interesse sexual de alguém através dos elogios, cortesia e lisonja.

O cortejo aparece em várias espécies com características diferentes. No ser humano, é um processo que um indivíduo desenvolve com a intenção de estabelecer um relacionamento íntimo com outra pessoa. Sexualidade, amor e compromisso são questões relacionadas com o cortejo.

De acordo com a cultura, o cortejo pode ser espontâneo ou formal. Nos países ocidentais, é comum o cortejo se desenvolver em um ou mais encontros em que os envolvidos se conhecem. Geralmente, se o cortejo é bem-sucedido, forma-se um casal que começa um namoro e pode ver sua relação consolidada através do matrimônio.

Nos demais animais, o cortejo persegue o objetivo do acasalamento com fins reprodutivos. Nesses casos, prazer e comprometimento não entram em jogo, mas são comportamentos biológicos para garantir a subsistência das espécies.

O homem quem realiza o cortejo sexual para conseguir que a fêmea acasale. O cortejo pode incluir vários rituais que consistem na emissão de certos sons, na exibição de atributos físicos ou no confronto com outros exemplares. Essas etapas levam, gradualmente, à cópula.

Também se chama cortejo a uma homenagem e ao grupo de indivíduos que constitui acompanhamento em certas cerimônias. O cortejo fúnebre, nesse contexto, é a procissão de veículos e indivíduos que acompanham os restos mortais de uma pessoa até ao cemitério.