Conceito.de

Conceito de equoterapia

Equoterapia é formada a partir de dois termos: “equo” (cavalo) e “terapia” (tratamento). A equoterapia, portanto, é um tratamento que se desenvolve com a intervenção de cavalos.

A equoterapia é geralmente usada como sinônimo de hipoterapia. A etimologia de equoterapia se refere ao latim “equus” (cavalo) com a palavra terapia. Também se pode falar de terapia equestre.

Na equoterapia, o cavalo é considerado um elemento reabilitador e integrador que auxilia o desenvolvimento físico, cognitivo, social e emocional de indivíduos com algum tipo de deficiência. Esta terapia geralmente é complementada com outros tratamentos convencionais.

Entre os benefícios que a equoterapia traz aos seus pacientes, estão a redução da espasticidade muscular, a estimulação psicomotora e a melhoria do equilíbrio. Os cavalos também ajudam a desenvolver habilidades de comunicação e aumentar a confiança da pessoa.

As sessões de equoterapia incluem diversos exercícios em cima do cavalo, percorrer circuitos e o manuseio das rédeas do animal. Como as atividades são realizadas ao ar livre e em contato com a natureza, o meio ambiente é outro fator que contribui para o bem-estar do sujeito.

É importante mencionar que, devido à escassez de estudos científicos que atestem os benefícios da equoterapia no tratamento de deficiências e doenças mentais, há quem a aponte como uma terapia pseudocientífica.