Conceito.de

Conceito de fogo

Do latim focus, o fogo é o calor e a luz produzidos pela combustão. O fogo nasce de uma reação química de oxidação e supõe a produção de chamas e a emanação de vapor de água e dióxido de carbono. Pode-se dizer que o fogo é a manifestação visual desse processo de combustão.

Chama-se ponto de ignição à temperatura à qual um material pega fogo. Ao começar a reação de oxidação, o calor que é exalado permite manter o fogo durante um determinado período de tempo. A quantidade de energia produzida por um combustível pode ser expressada através do seu poder calorífico.

A temperatura e a cor da chama dependem do tipo de gases exalados durante o processo de combustão. A madeira, ao arder, gera chamas alaranjadas, vermelhas e amarelas. Os hidrocarbonetos, em contrapartida, tendem a produzir chamas azuladas.

O valor cultural do fogo ao longo do desenvolvimento do homem é incalculável. Os antropólogos acreditam que o ser humano tomou consciência da sua superioridade sobre os restantes animais ao dominar o fogo.

Quando o homem descobriu como provocá-lo, passou a usá-lo para produzir calor e para se defender, uma vez que os animais fogem das chamas.

A fricção foi o método originário para acender lume, seguindo-se a percussão (friccionar duas pedras para produzir uma faísca). Hoje, pode-se fazer lume graças a utensílios como os fósforos e os isqueiros.

Por fim, convém destacar que se conhece por incêndio o fogo descontrolado que abrasa algo que não estava destinado a ser queimado e que, por conseguinte, acontece acidentalmente.

Segundo estudos dos povos primitivos, a descoberta do fogo se deu quando foi descoberto que a fricção entre duas pedras ou mesmo entre dois gravetos gerava faísca. Nesse caso, geralmente se juntava um montinho de mato seco e friccionava as pedras ou gravetos sobre ele para que aquele mato pegasse fogo e, em seguida, fosse feita uma fogueira, por exemplo.

O ser humano sempre precisou do fogo para realizar tarefas do seu dia a dia como cozinhar, aquecer água, se manter aquecido, para clarear o ambiente a sua volta, entre outras. Na parte de cozer alimentos, pode-se dizer que o fogo ainda trouxe vantagens como uma melhor absorção dos nutrientes de alimentos como legumes, verduras e também de carnes.

Mas o fogo também ajudou o homem a conseguir realizar processos como fundir metais. Com isso, o ser humano agora poderia construir ferramentas e armas que o auxiliaria em muitos processos no seu dia a dia, dentre as quais: pás, enxadas, martelos, lanças, entre outras ferramentas que temos nos dias atuais.

A palavra “fogo” costuma também ser muito empregada no sentido figurativo, assim, costuma-se usá-la para definir quando uma pessoa possui muita vontade e garra para fazer algo, por exemplo: “o novo estagiário tem vontade de aprender e se aperfeiçoar, posso ver o fogo em seus olhos”.

Também, em países como o Brasil o termo costuma ser empregado no sentido sexual para descrever quando uma pessoa é muito sensual ou quando se tem muita paixão, por exemplo: aquele casal tem muito fogo.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

drone

O termo inglês “drone” chegou ao português como drone: uma aeronave que não tem tripulantes. Uma aeronave é um...

Conceito de

dragar

O verbo dragar refere-se ao uso de uma draga para limpar e aprofundar um rio, lago, canal ou outro corpo de água. A draga, por...

Conceito de

drástico

A etimologia de drástico nos leva a “drastikós”, palavra da língua grega. É um adjetivo que pode ser usado para...

Conceito de

quarto

O vocábulo latino “quartu” chegou ao português como quarto. Este é nome do aposento de uma casa que é usado...

Conceito de

dotação

A dotação é o ato e o resultado de dotar: outorgar, contribuir, equipar ou atribuir algo. Dotação é também o que ocorre...

Conceito de

dossiê

O termo dossiê, que vem de “dossier” francês, se refere a um relatório que coleta dados sobre um determinado...

Conceito de

dose

A etimologia de dose refere-se ao latim medieval, embora sua origem seja encontrada na palavra grega “dósis” (que...

Conceito de

dormir

O verbo dormir se refere ao que um ser humano ou animal faz quando está em um estado de repouso que implica a ausência de...

ARQUIVOS