Conceito.de

Conceito de maça

Maça é um termo que admite diversos usos. Outrora, tratava-se de uma arma, parecida com um bastão ou uma enxada, com um pau de ferro (ou guarnecido com este material) e uma cabeça grossa, ou de um garrote com a extremidade (ponta) mais larga. Esta extremidade da maça era a parte mais pesada da arma e aquela que infringia o dano ao oponente.

A criação da maça remonta à Pré-história, quando era utilizada na luta entre homens mas também para a caça de animais selvagens. Com o tempo, a maça foi evoluindo e a sua cabeça começou a incluir lâminas ou pontas de ferro, chumbo, bronze ou outros metais.

A maça de armas, o macaná (espécie de clave) e o mangual são alguns tipos de maça. Esta arma, no entanto, foi ficando em desuso a partir da evolução dos escudos e das armas defensivas.

Uma maça, por outro lado, é um instrumento de madeira dura que, feito à semelhança da maça de combate, serve para triturar e para outros usos. Enquanto utensilio de cozinha, a maça é usada para desfazer ingredientes em troços muito pequenos, à semelhança do pilão. Ainda na cozinha, maça é a polpa de noz-moscada usada como condimento, depois de seca.

Sinónimo de maço, maça é usada pelos calceteiros para alisar as calçadas. Neste caso, trata-se de um pilão cilíndrico de madeira com cabo.

A maça é ainda um instrumento que serve para maçar (isto é, bater) o linho. Em Angola, maça é outro nome dado ao milho.