Conceito.de

Conceito de memória

A memória (do latim memorĭa) é a faculdade psíquica através da qual se consegue reter e (re)lembrar o passado. A palavra também permite referir-se à lembrança/recordação que se tem de algo que já tenha ocorrido, e à exposição de fatos, dados ou motivos que dizem respeito a um determinado assunto.

Por outro lado, a memória é uma dissertação escrita podendo ser do foro científico, literário ou histórico. Também é sinônimo de memorando, isto é, um impresso usado comercialmente para pequenas correspondências, ou ainda um simples apontamento destinado a lembrar qualquer coisa (uma consulta no dentista, o pagamento da fatura da eletricidade, etc.).

No plural, dá-se o nome de memórias a um escrito narrativo em que são compilados fatos a que o autor assistiu ou participou. Também se pode chamar de memória a um monumento comemorativo. Ao longo da história, foram mandados construir monumentos e/ou edifícios em memória de alguém (pessoas que se sacrificaram/perderam a vida em nome da pátria, por exemplo).

Nos últimos anos, no âmbito da tecnologia, mais propriamente na informática, a palavra memória tem sido usada para definir a unidade (do computador, por exemplo) onde são armazenados dados.

No que diz respeito à memória humana, esta é a função cerebral que resulta das conexões sinápticas entre neurónios. Conforme o alcance temporal, distingue-se a memória a curto prazo (consequência da simples excitação da sinapse para reforçá-la ou sensibiliza-la transitoriamente) da memória a longo prazo (um reforço permanente da sinapse graças à activação de certos genes e à síntese das proteínas correspondentes).

Existe ainda:

– Memória de procedimento: também conhecida como memória não-declarativa, ela é usado no armazenamento de informações que não podem ser expressadas verbalmente, tais como habilidades intelectuais ou motoras, por exemplo;

– Memória declarativa: esse tipo de memória é utilizada para armazenar e recordar acontecimentos como raciocínios, criação de ideias, dados que os sentidos tenham recebido, entre outros;

– Memória imediata: esse tipo de memória dura poucos segundos, já que o cérebro a descarta depois de utilizá-la. No entanto, pode ser que, de forma inconsciente, alguns dados possa ser armazenados.

Ao contrário da memória dos animais, que costuma agir com base nas suas necessidades presentes, a memória humana tem a capacidade de contemplar o passado e planificar o futuro. De acordo com alguns científicos, o homem apenas utiliza uma décima milésima parte (0,0001) do potencial do seu cérebro ao longo da sua vida.

No que diz respeito a memória humana, existe ainda a memória adquirida (quando se reconhece algo de forma prévia, como uma música somente por sua melodia) e a memória episódica (quando você se lembra de momentos marcantes em sua vida, como casamento, formatura, uma viagem, entre outros).

O processo de memorização envolve o lobo temporal, tálamo, hipotálamo, o neocórtex temporal, o hipocampo, a amígdala e o córtex pré-frontal. Essas regiões do cérebro atuam na organização dos acontecimentos, emoções, comportamento, estímulos sensoriais, entre outros.

No entanto, ainda há convergências entre os especialistas quanto a região onde o processo de memorização se desenrola. Mas a opinião é grande quanto a região dos lobos frontais para isso. E esse conflito de opiniões prova que a mente ainda é uma área que precisa ser estudada bastante a fundo, e mais ainda no que diz respeito a memória.

Existem vários tipos de doenças que podem comprometer a memória, tais como AVC, amnésias, Alzheimer, entre outras.

O desenvolvimento de uma boa memória pode ser conquistado através de uma boa alimentação, técnicas mentais e de relaxamento, cuidados com o uso de medicamentos e também através de atividades e jogos que estimulem a memória como xadrez, por exemplo.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

colisão

A palavra latina “collisiōne” chegou à nossa língua como colisão. O termo refere-se ao que acontece quando dois...

Conceito de

coleito

Chama-se coleito à prática que apela a que os filhos durmam na mesma cama que seus pais. É uma modalidade que também pode ser...

Conceito de

cólica

Um dos significados do termo cólica (adjetivo) refere-se ao vinculado ou pertencente ao cólon. Importa lembrar que o cólon é...

Conceito de

colina

A palavra colina deriva do latim “collina” com o mesmo significado. Uma colina é uma proeminência do terreno que...

Conceito de

cofator

Um cofator é um fator que, ao juntar-se a outro ou a outros, favorece o desenvolvimento de algo. Deve-se lembrar que um fator é...

Conceito de

cólera

O conceito de cólera pode ser usado com referência à raiva, fúria ou ira. Por exemplo: “A gozação do jovem provocou a...

Conceito de

colchão

O termo colchão refere-se a um elemento de forma retangular fabricado com materiais elásticos ou macios e que, localizado em...

Conceito de

coenzima

Coenzimas são componentes de enzimas. São substâncias orgânicas não proteicas que participam de reações catalisadas por...

ARQUIVOS