Conceito.de
Conceito de

Metrô

Metrô, também chamado de metropolitano, é o nome do sistema de transporte público urbano de elevada capacidade. Eles costumam circular em vias exclusivas, no geral subterrâneas ou elevadas, sem que haja a interferência de outros veículos ou dos pedestres.

metrô
O metrô é um meio de transporte urbano

O primeiro metrô foi inaugurado em Londres, Inglaterra, no dia 10 de janeiro de 1863, sendo seu idealizado Charles Pearson.

Com elevada frequência e capacidade, o metrô é apropriado para transportar grandes massas de pessoas nas áreas congestionadas, como grandes cidades.

O metrô oferece muitos benefícios, como rapidez, segurança e menor impacto ambiental se comparado com os demais meios de transporte. Além do que, ele ajuda a diminuir o congestionamento e a poluição nas cidades.

Quando o termo é usado sem o acento na letra “o”, ficando “metro”, esse designa uma unidade medida. Ela serve para medir comprimentos, por exemplo: aquele indivíduo possui 1,8 metros de altura.

Se você tem apenas alguns segundos, leia estes pontos chave:
  • Existem diferentes tipos de estações de metrô, que podem ser subterrâneas, elevadas ou no nível da superfície. Elas possuem várias facilidades como lojas, banheiros e wifi, além de controlar o acesso dos passageiros ao transporte.
  • O metrô é usado principalmente para locomoção dentro de uma mesma cidade e opera frequentemente, enquanto trens são usados para ligar diferentes cidades e regiões, e têm maior distância entre as estações.
  • O metrô tende a ter velocidade média maior que a do trem, pois opera em vias exclusivas e sem cruzamentos, no entanto os trens são capazes de transportar mais pessoas devido ao seu tamanho maior.
  • O metrô tem impacto expressivo na vida urbana favorecendo a redução do tempo de deslocamento, diminuição do congestionamento e incremento na segurança dos passageiros. Além disso, é um meio de transporte mais sustentável do que o carro e promove o desenvolvimento urbano.

O que é estação de metrô

As estações de metrô são pontos de embarque e desembarque, ligando diferentes regiões da cidade. Ali as pessoas adquirem seu bilhete de metrô e embarcam, seguindo até o destino desejado e qual esteja entre as paradas do metropolitano.

E há diferentes tipos de estações, as quais podem ser: subterrâneas, elevadas ou também nível da superfície. De modo geral, elas contam com plataformas para acesso aos metrôs, catracas para controle de acesso, bilheterias e demais facilidades como lojas, também banheiros e wi-fi no metrô. Há nos metrôs ainda painel de informações, mapa do metrô, anúncio de voz, etc.

As estações de metrô podem ser simples ou não, dispondo de diferentes níveis e interligações entre linhas. Há estações que se destacam por sua arquitetura e design, sendo verdadeiros pontos turísticos.

Essas estações são importantes para o funcionamento da rede metroviária, uma vez que permitem a integração entre distintas linhas e tornam mais fácil a locomoção pela cidade.

Trem e metrô: qual a diferença entre eles

O trem e o metrô na realidade são bastante similares. A principal diferença entre esses dois estaria na finalidade de cada um e área de atuação.

No caso do trem, ele se configura em um sistema de transporte ferroviário que é mais amplo, ligando cidades e regiões. E ele é usado tanto para viagens longas quanto para as curtas.

Enquanto isso, o metrô se trata de um sistema de transporte urbano, focado na locomoção dentro da mesma cidade. As viagens que ele faz são mais curtas, no entanto elas ocorrem com mais frequência.

Outras diferenças importantes é que o metrô opera especialmente em áreas subterrâneas ou elevadas, ao passo que o trem circula na superfície, costumando passar por áreas rurais e urbanas.

Mais uma diferença é que as estações de metrô são mais próximas umas das outras, ao passo que as estações de trem geralmente dispõem de distâncias maiores, com variação segundo o trajeto.

Há diferença ainda na velocidade. O metrô costuma ter mais velocidade média, já que ele opera em vias exclusivas e onde não há cruzamentos. Ao passo que o trem pode ter velocidades variadas, a depender do tipo de trajeto e da existência de outros veículos.

No quesito capacidade, os trens são sempre são maiores, capazes de transportar mais indivíduos do que os metrôs.

Mas o metrô dispõe de maior frequência de viagens, tendo um tempo menor de espera. Enquanto a frequência dos trens costuma variar segundo a linha e o horário.

Assim, o trem é ideal para as viagens entre cidades e regiões, ao passo que o metrô é mais apropriado para o transporte urbano e quando o objetivo é realizar viagens dentre de uma mesma cidade.

Seu impacto na mobilidade urbana

conceito de metrô
Cada vagão de metrô comporta uma quantidade considerável de pessoas

O metrô tem um impacto expressivo na mobilidade urbana, mudando o modo como as pessoas se locomovem nas grandes cidades. Sua implementação proporciona muitos benefícios, tais como:

  • Diminuição do tempo de deslocamento: a elevada velocidade de deslocamento e a frequência do metrô possibilitam que os passageiros viagem com mais rapidez, reduzindo o tempo gasto nos deslocamentos. Isso ajuda a melhorar a qualidade de vida, concedendo mais tempo para outras atividades;
  • Menos congestionamento: como é capaz e transportar grande quantidade de pessoas, o metrô ajuda a reduzir o número de carros nas ruas. E com isso se reduz o congestionamento e facilita a circulação de outros veículos;
  • Mais segurança: o metrô é também considerado um meio de transporte seguro, dispondo de sistemas de monitoramento e segurança que trazem proteção para os passageiros;
  • Sustentabilidade: o metrô se configura ainda em um sistema mais sustentável que os carros, pois ele usa menos energia e com o seu uso há menos emissão de poluentes no planeta. Isso ajuda então na preservação do meio ambiente e também no desenvolvimento de cidades mais verdes;
  • Integração com outros meios de transporte: o metrô ainda é integrado aos demais meios de transporte, como ônibus, trens, veículos particulares ou por aplicativos, etc., tornando a locomoção em algo muito mais eficiente;
  • Desenvolvimento urbano: o desenvolvimento de linhas de metrô tende a impulsionar o desenvolvimento urbano, dando valor para áreas ao redor de estações e, ainda, trazendo investimentos.
Citação

SOUSA, Priscila. (2 de Fevereiro de 2024). Metrô - O que é, conceito e definição. Conceito.de. https://conceito.de/metro