Conceito.de

Conceito de teste de hipótese

Conhecer a origem etimológica das palavras que compõem o termo que agora nos importa referir é a primeira coisa que temos de fazer para poder descobrir o seu significado:

-Hipótese resulta do grego, uma vez que é uma palavra formada pela união de duas partes distintas: o prefixo “hypo-”, que é sinónimo de “debaixo”, e do substantivo “thesis”, que é equivalente a “conclusão”.

Um teste pode ser um ensaio, uma experiência, uma avaliação ou uma amostra: a sua acepção depende do contexto em que é utilizado. Hipótese, por sua vez, é uma conjectura ou uma presunção que tem uma certa probabilidade de estar certa ou de ser real.

Por norma, considera-se que uma hipótese não pode ser verificada como sendo falsa ou verdadeira. Aquilo que faz é apoiar/sustentar um argumento com base em testes que surgem de investigações científicas. Quando maior a quantidade de testes científicos, menores serão as certezas acerca da condição de uma hipótese. Noutros termos: se não forem feitas vinte ou trinta experiências que possam atestar a veracidade, há muitas probabilidades de que realmente seja verdadeira.

Dá-se o nome de teste de hipótese ao processo que é levado a cabo para analisar se uma condição detectada num determinado universo é compatível com aquilo que se observa numa amostra da população estatística em questão. Ou seja, continua a demonstrar se uma hipótese é uma afirmação razoável e, nesse sentido, baseia-se em dois pilares fundamentais como a teoria da probabilidade e aquilo que é a evidência (prova) da amostra.

Por exemplo: um homem suspeita que um dado foi manipulado para que, ao ser arrojado, ofereça valores superiores a 4. A pessoa pensa, por conseguinte, cada vez que apresenta o dado, é muito provável que obtenha um 4, um 5 ou um 6.
Para realizar um teste de hipótese, regista cem vezes o dado e toma nota dos resultados. Ao levar a sua experiência a cabo, descobre que em 93% dos casos obteve um resultado igual ou superior a 4. Existem suficientes provas, por conseguinte, para afirmar que a sua hipótese é verdadeira.

Em termos concretos, o procedimento que dá forma a qualquer teste de hipótese temos de expor que se acomete seguindo estes passos fundamentais: planeamento da hipótese nula e da alternativa, selecção de nível de significância, identificação do pertinente estatístico de teste, estabelecimento do poder de decisão, tomada da amostra e decisão com base nos resultados.
Quando se leva a cabo o dito teste dentro do âmbito da estatística, deve-se ter em conta que podem surgir dois resultados, fundamentalmente:

-Erro I, a hipótese estabelecida como nula é verdadeira e, por conseguinte, é posta de lado.
-Erro II, a hipótese nula é falsa e, por conseguinte, é aceite como consequência daquilo que é o contraste. A probabilidade de este tipo de erro ocorrer irá depender daquele que é o verdadeiro valor do parâmetro em questão.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

eixo terrestre

A noção de eixo tem mais de uma dúzia de significados. Pode ser a haste que sustenta um corpo enquanto ele gira, passando por...

Conceito de

égide

Égide tem origem na palavra latina “aegĭde” que significa o escudo de Júpiter ou o escudo de Minerva. De acordo...

Conceito de

écloga

Uma palavra grega que pode ser traduzida como escolha, chegou ao latim como “eclŏga” que em português se converteu...

Conceito de

Idade Antiga

Com origem etimológica na palavra latina “aetāte”, idade pode se referir a diferentes questões. Neste caso, vamos...

Conceito de

efusivo

O adjetivo efusivo é usado para qualificar aquilo ou aquele que manifesta ou revela efusão: ímpeto, vigor ou expansão nos...

Conceito de

efluente

A Michaelis, em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa, define um efluente como um resíduo (em forma de fluido ou...

Conceito de

efeméride

A palavra grega “ephemerís”, que se refere ao que é próprio de um dia, derivou no latim “ephemerĭde”...

Conceito de

edema

A palavra grega “oidema” chegou ao nosso idioma como edema. O termo é usado no campo da medicina para se referir à...

ARQUIVOS