Conceito.de

Conceito de varanda

A origem da palavra varanda é controversa, pelo que iremos focar-nos somente em seu significado. O termo é usado para nomear a janela grande que se estende até ao chão de um ambiente e que dá origem a um espaço que se estende para além da superfície fechada da construção, contando com um corrimão ou balaustrada como limite.

A varanda é, portanto, uma plataforma apoiada por mísulas ou colunas e que se projeta a partir da parede de uma casa ou edifício. É uma estrutura que se eleva em relação ao solo.

Por exemplo: “Eu vou pendurar roupas na varanda para que elas sequem mais rápido”, “Na minha varanda eu tenho várias plantas com flores”, “O vovô Henrique passa geralmente as manhãs lendo na varanda”.

Também se conhece como varanda a janela ou porta que abre e fecha para permitir ou impedir a passagem para a varanda: “Começou a chover: você poderia fechar a varanda para que a água não entre na sala de jantar?” Acho que vou abrir a varanda para um pouco de ar fresco”, “Ao abrir a varanda, o jovem ficou surpreso com a baixa temperatura.”

Em casas residenciais, a varanda é geralmente usada para ter uma visão panorâmica do exterior, pendurar roupas, cultivar plantas ou desfrutar do ar livre. Em outros contextos, as varandas são usadas em cerimônias ou para pronunciar discursos que podem ser seguidos de fora do edifício por muitas pessoas.

A varanda da Basílica de São Pedro, para citar um caso, é usada pelo papa para fazer missas ou dar bênçãos.