Conceito de arte contemporânea




Jan 03, 14 Conceito de arte contemporânea

Arte, do latim ars, é um termo que se refere às criações do homem para expressar a sua visão sensível do mundo real ou imaginário através do uso de recursos plásticos, sonoros ou linguísticos.

Contemporâneo, com origem em contemporanĕus, diz-se daquilo que pertence ou que é relativo à época em que se vive. Aqueles que viveram na segunda metade do século XVIII, por exemplo, foram contemporâneos em relação a Wolfgang Amadeus Mozart, mas não àqueles que nasceram no século XX.

Define-se como arte contemporânea, por conseguinte, a arte produzida na nossa época. Obviamente, esta definição dependerá de quem fala dela. A arte produzida no século XIV era a arte contemporânea das pessoas que viviam no ano 1300.

O que é contemporâneo, no entanto, pode entender-se de diversas formas. Para alguns especialistas, a arte contemporânea é aquele que surgiu na história imediata (nas últimas décadas). Para outros especialistas, entende-se por arte contemporânea aquela que foi desenvolvida a partir da Segunda Guerra Mundial (1945).

Uma versão mais ampla da noção estende-se à arte contemporânea ao longo de todo o século XX e, inclusive, há quem acredite que a arte contemporânea é aquela que surgiu na Idade Contemporânea (que se inicia em finais do século XVIII).

Se considerarmos que a arte contemporânea é aquela que ocorreu no último século, encontraremos correntes e estilos como o expressionismo, o cubismo, o dadaísmo, o surrealismo, o pop-art e a arte conceptual, com referentes como Henri Matisse, Pablo Picasso, Piet Mondrian, Marcel Duchamp, Salvador Dalí e Joan Miró.