Conceito.de

Conceito de dança contemporânea

Dança é ato de dançar, que pode ocorrer de várias maneiras. O contemporâneo, por outro lado, é o que faz parte do tempo em que se vive.

A ideia de dança contemporânea, nesse contexto, refere-se a um estilo de balé clássico que dá ao bailarino maior liberdade. Essa forma de dança surgiu no final do século XIX como uma reação às características mais rígidas do classicismo.

Na dança contemporânea, o bailarino se expressa através das técnicas do balé clássico, mas incorporando outros movimentos corporais mais modernos. É por isso que esse estilo é conhecido como dança contemporânea ou dança moderna.

A mistura de várias influências é uma das principais características da dança contemporânea, que pode incluir formas de narração que não são lineares e pode até usar ferramentas multimídia para complementar as coreografias.

Enquanto a dança clássica se baseia em passos estruturados e já codificados, a dança contemporânea deixa espaço para inovação e permite que o dançarino e o coreógrafo explorem sua criatividade. A transgressão, nesse sentido, é considerada um valor positivo, ao contrário do que acontece com o balé clássico.

Os especialistas distinguem entre a escola americana e a escola europeia de dança contemporânea. Por sua vez, eles marcam a existência de diferentes gerações que estavam modificando os preceitos.

A coreógrafa e dançarina americana Isadora Duncan, nascida em 1877 e falecida em 1927, é frequentemente citada como fundadora da dança contemporânea. Autodidata, ela se afastou do balé clássico quando incorporou movimentos ligados ao expressionismo.