Conceito de expectativa




Mar 12, 12 Conceito de expectativa

Expectativa, do latim exspectātum (“aguardado” ou “em vista”), é a esperança de conseguir ou de realizar algo. Por exemplo: “Estou na expectativa de vir a ser bem-sucedida neste novo emprego”, “Quero devolver este televisor: na verdade, não preencheu as minhas expectativas”.

A expectativa costuma estar associada à possibilidade razoável de que algo venha a acontecer. Para que haja expectativas, tem de haver, regra geral, algo que as sustente. Caso contrário, não passaria de uma simples esperança irracional ou baseada na fé.

Se houver muitas nuvens no céu, a expectativa é que venha a chover em breve. Por isso, a resposta a essa expectativa é de não sairmos de casa sem levar o guarda-chuva para evitar molharmo-nos assim que caírem as primeiras gotas e apanhar-nos desprevenidos.

A expectativa surge nos casos de incerteza, quando ainda não está confirmado aquilo que irá acontecer. A expectativa é aquilo que se considera mais provável de vir a contecer: trata-se, por isso, de uma suposição mais ou menos realista. Se a expectativa não se cumprir, a pessoa terá uma desilusão (“Pensei que esta prenda te iria agradar, mas estou a ver que as minhas expectativas estavam erradas”). No entanto, se a realidade superar as expectativas, a pessoa sentirá alegria pela surpresa (“Este disco é espectacular, superou todas as minhas expectativas!”).

A expectativa, por fim, está relacionada com predições e previsões. Quanto mais certezas se tiver em relação ao futuro, maiores serão as probabilidades de que venham a ser concretizadas as expectativas: “Existe uma expectativa bastante grande relativamente ao comunicado do presidente, já que vários ministros afirmaram que seria benéfico para a economia”.