Conceito de suspense


Jul 15, 13

Suspense, termo inglês, é aquilo que mantém a expectativa ansiosa sobre uma resolução ou o estado de tensão numa determinada situação. Trata-se, no âmbito da arte (literatura, teatro e cinema), de um recurso que visa a expectativa impaciente do telespectador ou do leitor pelo desenvolvimento de uma acção. É um estado de espírito provocado pela incerteza relativamente a um acontecimento futuro.

O suspense é experimentado quando não se sabe o que poderá acontecer aos personagens de uma obra e, por conseguinte, presta-se uma particular atenção ao desenrolar do conflito. O recurso costuma ser usado nos filmes ou nos livros policiais ou de terror.

Para que haja suspense, é necessária a participação do público, que se deve envolver nos acontecimentos. O autor tem que sugerir pistas sobre o possível desenlace do conflito, de modo a que o telespectador ou o leitor possa deduzir ou adivinhar o que estará prestes a acontecer. A resolução do desenvolvimento, finalmente, deve concretizar-se de forma lógica e de acordo com a verosimilhança do género. São criadas circunstâncias para manter o espírito do leitor/espectador suspenso.

Por exemplo: uma famosa cena de suspense tem lugar no filme “Psico”, do realizador Alfred Hitchcock, quando o assassino se aproxima lentamente do chuveiro onde a protagonista está a tomar duche. A combinação de planos curtos e a banda sonora (a música) deram origem a um grande clima de suspense que se completa com os gritos da mulher assassinada e o sangue.