Conceito de vanguarda


Jan 17, 13

O significado original de vanguarda faz referência à parte de uma força armada que marcha à frente do corpo principal ou de uma guarda avançada. A vanguarda é formada pelas primeiras linhas da formação de combate.

Na sua acepção mais extensa, o conceito pode fazer alusão à avançada de um movimento artístico, político, intelectual ou ideológico. Neste sentido, a vanguarda é algo novo que escapa à tendência dominante e que pode sentar as bases do desenvolvimento futuro.

A vanguarda constitui uma renovação de formas e conteúdos. Uma vanguarda artística, por exemplo, visa reinventar a arte e vai contra os movimentos existentes. Por princípio, a vanguarda é minoritária e costuma gerar controvérsia por parte dos círculos tradicionais. Com o passar do tempo, contudo, pode tornar-se ela mesma em parte do sistema (perdendo a sua condição vanguardista).

Apesar de as vanguardas terem características bastante diferentes entre si, assemelham-se na luta contra as tradições, na aposta pela renovação radical dos processos criativos e estéticos, no exercício da liberdade individual e no seu carácter experimental.

A expressão “estar na vanguarda” diz-se de algo (marca, empresa ou produto) ou de alguém que está na linha da frente relativamente a outra coisa ou a outra pessoa num determinado ramo ou sector. É, por assim dizer, sinónimo de “pioneiro”. Exemplo: “Sempre na vanguarda da moda, a Swatch lançou uma nova gama de relógios”.

Por fim, “Vanguarda” é a versão portuguesa do título original “The Vanguard”, que é um filme de acção e suspense, do realizador Matthew Hope, lançado em 2010.