Conceito de renovação


Mai 03, 14

Renovação tem origem no vocábulo latino renovatĭo. O termo está associado à acção e ao efeito de renovar (tornar algo no seu estado inicial, deixá-lo como novo, reestabelecer algo que se tinha interrompido, substituir uma coisa velha por outra nova da mesma categoria ou natureza, substituir algo).

Exemplos: “A renovação do teatro incluirá o levantamento de novas paredes e a redecoração de todos os seus espaços”, “Vamos investir dinheiro para a renovação dos equipamentos informáticos”, “O clube anunciou que, na próxima semana, iria negociar a renovação do contrato do jogador colombiano”.

É habitual que a noção de renovação seja aplicada relativamente às mudanças físicas que se desenvolvem sobre uma coisa ou à substituição de algo concreto. Neste sentido, renovar pode ser voltar a pintar as paredes de uma casa ou desfazer-se de um televisor velho para comprar um novo.

A renovação, de qualquer modo, pode-se tratar de algo simbólico ou mais espiritual. Fala-se de renovação política para fazer referência a um conjunto de alterações que possam ser abstractas e que incluiriam a chegada de novos dirigentes, uma alteração nas leis eleitorais e novas medidas de transparência, entre outras questões.

Conhece-se pelo nome de renovação urbana quaisquer alterações da edificação, equipamento e infra-estrutura de uma sociedade levados a cabo para adaptar a cidade aos novos costumes e às necessidades sociais.

No âmbito da religião, a renovação carismática católica é um movimento que promove a recuperação das experiências pentecostais na Igreja Católica.