Conceito.de

Conceito de renovação

Renovação tem origem no vocábulo latino renovatĭo. O termo está associado à ação e ao efeito de renovar (tornar algo no seu estado inicial, deixá-lo como novo, reestabelecer algo que se tinha interrompido, substituir uma coisa velha por outra nova da mesma categoria ou natureza, substituir algo).

Exemplos: “A renovação do teatro incluirá o levantamento de novas paredes e a redecoração de todos os seus espaços”, “Vamos investir dinheiro para a renovação dos equipamentos informáticos”, “O clube anunciou que, na próxima semana, iria negociar a renovação do contrato do jogador colombiano”.

É habitual que a noção de renovação seja aplicada relativamente às mudanças físicas que se desenvolvem sobre uma coisa ou à substituição de algo concreto. Neste sentido, renovar pode ser voltar a pintar as paredes de uma casa ou desfazer-se de um televisor velho para comprar um novo.

A renovação, de qualquer modo, pode-se tratar de algo simbólico ou mais espiritual. Fala-se de renovação política para fazer referência a um conjunto de alterações que possam ser abstratas e que incluiriam a chegada de novos dirigentes, uma alteração nas leis eleitorais e novas medidas de transparência, entre outras questões.

Conhece-se pelo nome de renovação urbana quaisquer alterações da edificação, equipamento e infraestrutura de uma sociedade levados a cabo para adaptar a cidade aos novos costumes e às necessidades sociais.

No âmbito da religião, a renovação carismática católica é um movimento que promove a recuperação das experiências pentecostais na Igreja Católica.

Os cristãos também descrevem como renovação o processo pelo qual uma pessoa muda o seu modo de ser, passando por uma experiência espiritual que o leva a ser uma pessoa melhor, estando mais em comunhão com Deus e com as coisas divinas.

Muitas coisas passam por um processo de renovação, um exemplo seria no caso das plantas que renovam suas folhas ou de alguns animais que também passam por um processo de renovação (cães e gatos renovam sua pelagem de tempos em tempos, em especial durante as transições das estações do ano como da primavera para o outono, por exemplo).

Há ainda a renovação celular que é um processo pelo qual a pele humana passa, onde as células mortas (a todo momento as células da pele morrem) são substituídas por novas células. Um exemplo de renovação celular seria quando é feita esfoliação na pele (a esfoliação consegue eliminar as células mortas que ficam na superfície da pele) ou também quando a pele é exposta aos raios UV que aceleram o processo (causando descamação).

Conforme a pessoa fica mais velha, então o processo de renovação celular torna-se mais demorado: a renovação celular de uma pessoa de 18 anos é mais acelerada do que a de uma pessoa de 30 anos, por exemplo.

É comum o rosto ficar com um aspecto sem vida e sem brilho conforme o tempo passa (como dito, quanto mais velha a pessoa fica, então mais lento se torna o processo de renovação celular).

Um objeto também pode passar por uma renovação, sendo ele alterado, recebendo peças novas, um novo acabamento, entre outras coisas.