Conceito.de

Conceito de desejo

Do latim desidĭum, o desejo é a ação e o efeito de desejar (aspirar a, sentir apetência, ter vontade de, querer). O conceito permite fazer referência ao movimento afetivo ou ao impulso para com algo que se apetece.

Exemplos: “Desejo que o dia de trabalho de hoje acabe o mais rápido possível para poder ir ter com o meu filho”, “Na verdade, estou bastante cansado e desejo tirar umas férias”, “É o teu aniversário, tens de pedir três desejos”, “O meu maior desejo é viajar pelo mundo”, “O casal deve manter sempre viva a chama do desejo”.

O desejo, por conseguinte, é a vontade de cumprir uma vontade ou de saciar um gosto. Pode-se desejar objetos materiais (uma casa, um automóvel), situações (férias, um reencontro familiar) ou até pessoas (o desejo sexual).

Para a filosofia, um desejo pode ser uma tendência consciente ou também inconsciente e pode ainda chegar a ser reprimida. Inclusive, há até mesmo expressões utilizadas para designar quando um desejo é reprimido, por exemplo: “ele sempre teve o desejo de fazer faculdade de gastronomia, mas o seu desejo foi reprimido pela vontade de seu pai de que fizesse medicina”.

As motivações do desejo podem ser muito variadas. Em certas ocasiões, o desejo surge do recordar de vivências passadas que foram agradáveis. Pode ser o caso de alguém que deseje comer um determinado prato por saber que lhe agrada ou que queira voltar a visitar um lugar onde passou bons momentos.

Em alguns casos, o desejo pode ser desenvolvido em decorrência da falta de algo, por exemplo: uma pessoa que tenha de tudo não desejaria nada, no que diz respeito a bens materiais. É por isso que filósofos como Platão acreditam que o desejo seja uma característica de seres imperfeitos, muitos cristão também acreditam nesse conceito.

Noutros casos, o desejo é motivado por uma potencialidade que é conferida àquilo que se deseja. Uma pessoa vê uma publicidade de um novo televisor 3D e deseja comprá-lo por achar que o aparelho lhe poderá proporcionar entretenimento e momentos agradáveis.

O desejo faz parte da natureza humana e é um dos motores que impulsam a conduta humana. O homem que deseja algo torna-se um sujeito ativo que leva a cabo diversas ações para satisfazer as suas vontades.

A metafísica entende que o desejo é um sentimento, logo, ele não faz parte do mundo, mas sim de uma pessoa. Logo, o desejo de uma pessoa, mesmo que pela mesma coisa, pode ser diferente do de outra pessoa: pode ser que duas pessoas tenham o desejo de ter um determinado carro, mas um faça sacrifícios para tê-lo que o outro não faça.

Porém, mesmo que o desejo não faça parte do mundo, mas sim de uma pessoa, ele é a atitude dessa pessoa em relação ao mundo que a cerca.

Logo, o mundo a volta dessa pessoa pode acabar influenciando nos desejos que tenha (no desenvolvimento deles) e na intensidade de tais desejos, por exemplo: uma criança que cresce num lar violento tem grandes chances de acabar desenvolvendo desejos negativos como a vingança, por exemplo.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

drone

O termo inglês “drone” chegou ao português como drone: uma aeronave que não tem tripulantes. Uma aeronave é um...

Conceito de

dragar

O verbo dragar refere-se ao uso de uma draga para limpar e aprofundar um rio, lago, canal ou outro corpo de água. A draga, por...

Conceito de

drástico

A etimologia de drástico nos leva a “drastikós”, palavra da língua grega. É um adjetivo que pode ser usado para...

Conceito de

quarto

O vocábulo latino “quartu” chegou ao português como quarto. Este é nome do aposento de uma casa que é usado...

Conceito de

dotação

A dotação é o ato e o resultado de dotar: outorgar, contribuir, equipar ou atribuir algo. Dotação é também o que ocorre...

Conceito de

dossiê

O termo dossiê, que vem de “dossier” francês, se refere a um relatório que coleta dados sobre um determinado...

Conceito de

dose

A etimologia de dose refere-se ao latim medieval, embora sua origem seja encontrada na palavra grega “dósis” (que...

Conceito de

dormir

O verbo dormir se refere ao que um ser humano ou animal faz quando está em um estado de repouso que implica a ausência de...

ARQUIVOS