Conceito de poluição do solo


Dez 12, 16

Quando nos referimos à ideia de poluição, referimo-nos ao acto e ao resultado de poluir: gerando, através de agentes físicos ou químicos, uma alteração prejudicial das características naturais ou normais de alguma coisa.

Existem diferentes tipos de poluição, tais como a poluição ambiental, a poluição do ar e a poluição da água. Neste caso, concentramo-nos na poluição do solo, isto é a degradação das propriedades de um campo.

Quando o solo está poluído, o homem já não o pode explorar para cultivo. Além do mais, o solo deixa de poder cumprir as suas funções naturais devido às novas condições.

A poluição do solo pode ocorrer pelo despejo de substâncias químicas (como os pesticidas, por exemplo), a acumulação de substâncias radioactivas ou vazamentos de esgoto, para citar algumas possibilidades. É importante notar que o risco para a saúde transcende o contacto directo com o solo contaminado, como a contaminação pode até afectar águas subterrâneas.

Suponhamos que uma planta comestível é cultivada num solo contaminado/poluído. Quando as pessoas e os animais comem as plantas, podem ingerir essas mesmas substâncias. Posto isto, a contaminação do solo pode causar intoxicação, seja leve ou grave no organismo humano.

Para proteger a saúde dos indivíduos e para a sobrevivência da fauna e da flora, é portanto imperativo que os governos protejam o solo e controlem o estado destes. Os solos contaminados afectam a qualidade de vida e podem comprometer o futuro de uma população.