Conceito.de

Conceito de desertificação

Desertificação é o processo e o resultado de desertificar. Este verbo, por sua vez, refere-se à transformação de terras férteis em um deserto.

Em outras palavras, a desertificação supõe que uma terra que permitia a produção abundante se torne, devido a vários fatores, um local árido, com pouca ou nenhuma vegetação. É, portanto, um problema ecológico.

A desertificação envolve a degradação do solo fértil, que vai perdendo sua capacidade produtiva. Esse processo pode dever-se à erosão, desflorestamento, irrigação excessiva ou sobre-exploração de um aquífero, por exemplo.

O responsável pela desertificação é geralmente o homem. Quando em um determinado terreno se cultiva sem controle, se desenvolve um pastoreio desmedido ou se faz o desflorestamento, é provável que comece o desenvolvimento da desertificação. Com o tempo, essa situação pode causar problemas na obtenção de alimentos, uma vez que os solos não são mais adequados para o cultivo.

A desertificação é frequentemente uma consequência do aumento da população. À medida que o número de habitantes cresce, há uma tendência à exploração intensiva do solo para satisfazer as necessidades alimentares. Isso leva ao esgotamento do terreno e sua subsequente desertificação: na ausência de cobertura vegetal, a erosão causada pelo vento e pela água progride mais rapidamente.

De acordo com o nível da queda na produção agrícola, a desertificação pode ser classificada de diferentes maneiras. A mais grave é a desertificação muito severa, quando a produção cai mais de 50% e se desenvolvem montículos áridos e secos no terreno.