Conceito.de

Conceito de acção

Do latim actĭo, a acção é o exercício da possibilidade de fazer algo ou o resultado daquilo que é feito. O termo abarca diferentes acepções e aplicações: trata-se do efeito que causa um agente sobre algo, de um combate ou de uma luta, de um conjunto de movimentos e gestos ou de uma sucessão de acontecimentos, por exemplo.

Na física, a acção é uma grandeza definida como sendo o produto da energia absorvida durante um processo pela sua duração.

No campo da arte, a acção é a postura ou atitude de um modelo natural que posa para ser retratado (pintado ou desenhado).

A noção de acção tem uma ampla utilização no ramo do direito. Trata-se do direito de recorrer a um juiz ou a um tribunal com vista a reclamar a tutela de um direito ou de um interesse. Por outro lado, é uma faculdade derivada de um direito subjectivo para fazer valer o seu conteúdo no âmbito de um julgamento.

Uma acção também é um título contabilístico que acredita e representa o valor de cada uma das partes alíquotas em que se divide o capital de uma empresa.

O cinema de acção é um género cinematográfico que se caracteriza pela violência e pela espectacularidade das imagens. Ao longo desses filmes, costuma-se assistir a cenas sucessivas de tiroteios, brigas, perseguições e mortes.

Sylvester Stallone, Bruce Willis, Jean-Claude Van Damme, Steven Seagal e Arnold Schwarzenegger são alguns dos mais conhecidos actores de acção, os quais já participaram em vários dos filmes de maior êxito dentro do género.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (9 de Novembro de 2011). Conceito de acção. Conceito.de. https://conceito.de/accao