Conceito.de

Conceito de bagagem

A palavra gótica “bagga” derivou no francês “bague”, que mais tarde se converteu em “bagage”. Este termo que pode ser traduzido como “carga” chegou à nossa língua como bagagem.

Se chama bagagem às malas (sacos), bolsas e pertences que uma pessoa leva com ela quando viaja. Por exemplo: “Saí de casa com minha bagagem nas costas, pronto para viajar pelo mundo”, “Assim que chegamos na cidade, deixamos a bagagem no hotel e fomos para a praia”, “Maria Laura não gosta de viajar com tanta bagagem”.

Bagagem, por outro lado, é usada em um sentido simbólico para aludir ao conhecimento, habilidades, capacidades ou experiência de um indivíduo. Neste caso, a bagagem é a “bagagem intelectual” que uma pessoa carrega: “Eu acho que Luciano é o candidato ideal para o cargo por causa de sua enorme bagagem cultural”, “Ele é um jogador que vem à nossa equipe com uma bagagem muito importante” “, ” Interpretar este personagem me deu uma bagagem emocional que eu sempre carregarei comigo”.

Também se usa o termo na expressão “fugir com armas e bagagens”, que significa desaparecer com tudo o que se tem.

Um livro poético escrito pela escritora brasileira Adélia Prado, em 1976, onde o amor é a temática central também se intitula “Bagagem”. Os críticos colocam-no como um dos principais livros de poesia escritos por mulheres nas últimas décadas.