Conceito.de

Conceito de carcaça

O termo francês “carcasse” chegou a nossa língua como “carcaça”. A noção refere-se às peças rígidas e geralmente resistentes que fornecem proteção ou suporte para algo.

No campo da anatomia, chama-se carcaça ao esqueleto: o conjunto de ossos e outros elementos que dão consistência ao corpo de um animal, incluindo o ser humano. A carcaça dos frangos, por exemplo, é frequentemente usada na produção de caldo.

Também se chama carcaça ao acessório que protege determinadas estruturas ou elementos. Os telefones celulares ou móveis, para nomear um caso, têm um compartimento que geralmente pode ser removido e substituído por outro. Essa troca de carcaças é geralmente feita por razões estéticas. Atualmente, é possível encontrar carcaças com imagens de personagens fictícios, cantores, animais e muitas outras figuras. Desta forma, o artigo cumpre uma dupla função de proteção e decoração do telefone em questão.

No campo da ciência da computação, a carcaça de um computador é a caixa de plástico ou metal que contém a placa-mãe ou “motherboard”, a unidade central de processamento (conhecida pela sigla em inglês CPU), o disco rígido ou duro, a memória RAM e o restos dos componentes internos. A carcaça, geralmente feita de alumínio ou aço, também é chamada de gabinete, torre ou chassi.